in

“Greve por prazo indeterminado” diz FESPUMEB em nota de apoio aos servidores públicos de Central

A FESPUMEB – Federação dos Servidores Públicos Municipais do Estado Da Bahia, é uma entidade sindical de nível superior, que representa mais de trezentos mil servidores municipais no Estado, e na última segunda-feira, 14, divulgou uma nota de apoio aos servidores públicos municipais da cidade de Central.

Segundo a nota, o objetivo é unir forças com o sindicato municipal para garantir os direitos dos trabalhadores. A nota diz que “o prefeito municipal faz uma gestão em condição ‘análoga à ditadura’, pois, além de não pagar os salários dos servidores, ainda quer coibir qualquer tipo de manifestação e tenta mostrar para os munícipes que honra com o pagamento correto dos salários dos servidores”

Diante do cenário, a Federação deu um prazo até o dia 20 de janeiro (próxima segunda-feira), para que a gestão regularize os pagamentos dos servidores, caso contrário, irão juntar-se com dezenas de sindicatos para acampar no município, iniciando uma greve com prazo indeterminado.

“Não admitiremos servidor ser tratado como escravos, visto que quem trabalha tem o direito de receber corretamente os seus salários…” diz a nota. “Em 2020 não terá aula, nem prestação dos demais serviços públicos no município de Central, excetuando tão somente os serviços de caráter essencial, diante da possibilidade de um grande movimento grevista” Informa a federação.

A nota finaliza dizendo que o presidente da FESPUMEB estará encaminhando representação ao TCM-BA comunicando os fatos narrados na nota, bem como, ao MP-BA para que se adotem as providências necessárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saque do FGTS atrasa seguro-desemprego; governo promete solução até o dia 22

Projeto que acaba com a obrigatoriedade de aulas para CNH deve ser analisado pela CCJ