in

Secretaria de Educação discute protocolos de volta às aulas com deputados estaduais durante reunião virtual

Com o objetivo de apresentar e discutir os protocolos de volta às aulas na rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação do Estado (SEC) promoveu, nesta quarta-feira (5), uma reunião virtual com deputados estaduais da liderança do Governo, líderes de partidos e a presidência da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Os protocolos incluem regras gerais de higienização, cuidados individuais, prevenção e distanciamento, além de readequação de rotinas e dos espaços físicos e disponibilização de internet nas escolas, entre outras ações. A atividade, realizada através da plataforma ‘Microsoft Teams’, contou com a participação do secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, e outros dirigentes da SEC.

O secretário Jerônimo Rodrigues falou da importância da construção dos protocolos. “Fizemos testagens nos municípios de Itajuípe, Uruçuca e Ipiaú e estamos fazendo em Jequié e, na semana que vem, em Itabuna e Ilhéus, para termos uma noção do quadro atual. De forma estratégica, nos restou preparar as escolas dentro de um protocolo orientado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e Ministério da Saúde. As escolas estarão prontas com dispersores de álcool em gel; com janelas arrumadas para melhorar a ventilação; termômetros; e máscaras para os estudantes”.

“Então, nós estamos estudando isso para, quando a gente tiver as condições reais de retornar, não nos preocuparmos com infraestrutura e, sim, com o emocional e o pedagógico, fazendo uma boa recepção. O documento é pensando nisso”, afirmou o secretário, ao reafirmar que ainda não há data para o retorno às aulas e que esta decisão será orientada pelas autoridades de Saúde do Estado. “A determinação do governador Rui Costa é a de sempre zelar e preservar a saúde da comunidade escolar”, ressaltou.

O deputado líder do Governo do Estado na Casa, Rosemberg Pinto (PT), falou sobre os protocolos. “Gostei da apresentação e me deixou feliz com algo que eu reivindicava bastante, que é a questão da internet para os estudantes. Eu sempre achei que nós tínhamos que encontrar um caminho para essa comunicação para a nossa juventude. Isso vai mudar significativamente a infraestrutura das escolas, a partir dessas medidas”. As informações são de assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#Chapada: Prefeito de Morro do Chapéu é acusado de agredir mais uma pessoa; dessa vez um profissional de comunicaç

Aumento no consumo de cigarro durante a pandemia pode elevar incidência de câncer de pulmão no Brasil