Montagem JC
in

Menina de 7 anos que foi baleada na zona rural de Barra da Estiva recebe alta; mãe foi assassinada

A menina de 7 anos que foi atingida por três disparos de arma de fogo durante o assassinato da mãe recebeu alta médica nesta terça-feira (31) no município de Barra da Estiva, na Chapada Diamantina. Ela é filha de Maísa Pereira Caíres, morta a tiros em uma fazenda no povoado de Santo Amaro, que fica zona rural do município chapadeiro.

Conforme dados da polícia divulgados pelo G1, a criança foi ouvida pela polícia após deixar o Hospital Susy Zanfretta e está com familiares. O crime ocorreu na noite do último sábado (27). Ninguém foi preso até o momento.

A polícia aponta que a pessoa que invadiu a fazenda onde Maísa Caíres, de 27 anos, morava junto com a filha, usava um capuz, que dificulta a identificação do suspeito. Ele teve acesso ao imóvel após pular uma cerca no local.

Segundo o Comando de Policiamento Regional Sudoeste (Cprso), a jovem chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Susy Zanfretta, mas não resistiu aos ferimentos.

Esse caso é investigado na Delegacia Territorial (DT) de Barra da Estiva, onde familiares de Maísa Caíres estão sendo ouvidos. Até o momento, não há detalhes sobre autoria e motivação do crime.

Jornal da Chapada com dados do G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reunião da Prefeita de Morro do Chapéu com os comerciantes da Avenida Joel Modesto têm resultado positivo. Jornalismo da Brilhante FM esteve presente

Operação é deflagrada contra suspeitos de crimes como homicídios em toda Bahia