in

Reforma da Previdência recebe 276 emendas na comissão especial

A proposta de reforma da Previdência recebeu 276 emendas na comissão especial que analisa o texto na Câmara dos Deputados.

Segundo O Globo, o número ultrapassa com folga a quantidade de emendas apresentadas na proposta do ex-presidente Michel Temer (164).

O prazo para encaminhar sugestões de mudanças se encerrou às 19h de quinta-feira (30), porém algumas emendas ainda podem ser incluídas no sistema por causa da burocracia do colegiado.

A maioria das sugestões é sobre pontos específicos, como benefícios assistenciais (BPC), professores, trabalhadores rurais, aposentadoria em atividades de risco (policiais), regra de transição de servidores públicos e aumento das alíquotas de contribuição, pensões, cálculo do benefício, regime de capitalização e a retirada dos estados e municípios da proposta.

No entanto, há também emendas globais, com várias mudanças sugeridas, como a apresentada pelo PL. Entre os partidos que encaminharam emendas, também estão o PSL (legenda do presidente Jair Bolsonaro), PP, PRB, MDB, DEM, PSDB, PT, Solidariedade e Cidadania.

Relator da reforma no colegiado, o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), afirmou que avaliará as emendas encaminhadas para fechar o parecer, que pode ser apresentado até o final da próxima semana ou no início da semana seguinte, entre os dias 10 e 11.

O parlamentar reiterou que o prazo final é 15 de junho, mas a intenção é ajudar o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM), que quer acelerar o cronograma para votar a proposta no plenário antes do recesso de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MP recomenda que município mantenha creches funcionando

Parte de talude de mina da Vale se desprende em Barão de Cocais; barragem não foi afetada