in

Municípios da BA sem casos receberam R$ 3,3 mi para enfrentamento da pandemia

Os seis municípios baianos que até agora não registram casos da Covid-19 receberam juntos R$ 3,3 milhões em recursos do governo federal para o enfrentamento da emergência de saúde pública causada pela pandemia do coronavírus.

O valor recebido por Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Canápolis, Érico Cardoso, Ipupiara e Novo Horizonte equivale a 0,25% do total recebido em todo o estado, que foi de R$ 1,2 bilhão.

 

Esses municípios representam 1,4% das 417 cidades da Bahia.

 

Dessa pequena lista, Ipupiara recebeu o maior valor. O governo federal destinou R$ 837.905,78 a essa cidade de 9,2 mil habitantes localizada na região de Irecê.

 

Município da região da Chapada Diamantina, Novo Horizonte recebeu R$ 631,1 mil para enfrentar a pandemia.  Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes a 2019 indicam que a cidade tem uma população de 12,3 mil habitantes.  

 

Em terceiro lugar aparece Canápolis, na Bacia do Rio Corrente, e que recebeu recursos da ordem de R$ 621,8 mil do governo federal. De acordo com o IBGE, o município tem 9.711 habitantes.

 

A União destinou R$ 555,4 mil à prefeitura municipal de Érico Cardoso, cidade de 10,6 mil habitantes na Bacia do Paramirim.

 

Também na Bacia do Rio Corrente e próxima a Canápolis, Brejolância recebeu R$ 506,5 mil. A cidade tem uma população estimada de 10.557 habitantes.

 

Por fim aparece Brotas de Macaúbas. Localizada na região do Velho Chico e com cerca de 10,2 mil habitantes, o município recebeu o menor valor entre as seis cidades: R$ 189.187,65.

 

Os dados foram consultados pelo Bahia Notícias no Portal da Transparência nesta quinta-feira (6). A reportagem também conferiu os municípios que mais receberam recursos para o enfrentamento da crise, e aqueles que foram destinados os menores valores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Governo prepara para até 60 dias anúncio de privatização de quatro grandes companhias

Flexibilização do transporte intermunicipal é iniciada nesta segunda-feira (10)