Cerimônia de Posse da nova Diretoria do TCM Na foto: Foto: Mateus Pereira/AGECOM
in

Prefeito Demóstenes Barreto Filho sofrerá representação no MP

O Tribunal de Contas dos Municípios decidiu nesta quarta-feira (7) formular representação ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) contra o prefeito de Ibipeba, Demóstenes Souza Barreto Filho. A corte de contas julgou procedente um termo de ocorrência contra o gestor por atraso no pagamento de obrigações previdênciárias.

Esta irregularidade, conforme a denúncia, gerou um prejuízo ao erário daquele município de R$76.644,66 fruto de pagamentos de juros e multas. Os conselheiros do TCM também determinaram o ressarcimento aos cofres municipais, com recursos pessoais, no valor de R$76.644,66. O prefeito ainda foi multado em R$5 mil.

A cargo do conselheiro substituto Alex Aleluia, a relatoria ressaltou que o pagamento de multa e juros só ocorreu devido a omissão do gestor, que não efetuou adequadamente sua obrigação legal de repassar/recolher as contribuições previdenciárias no prazo e montante exigidos na legislação. O prefeito ainda pode recorrer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Médicos para o Brasil: 58 cubanos são reincorporados ao programa na Bahia

Mais de 10 milhões de baianos podem ir às urnas em novembro