in

OMS discute com cientistas hipótese de que o coronavírus tenha vazado de laboratório chinês

Inspetores da Organização Mundial da Saúde (OMS) tiveram discussões “muito francas” com cientistas chineses sobre a origem da pandemia da Covid-19, incluindo a hipótese de que o novo coronavírus teria vazado de um laboratório do país. A informação é da AFP.

Segundo o chefe da equipe da OMS, Peter Ben Embarek, as teorias sobre a origem do vírus são irracionais. Ele ainda frisou que os inspetores não perderiam tempo atrás das hipóteses mais malucas.

Embarek fez as declarações nesta quinta (4) em entrevista por telefone de Wuhan, onde o novo coronavírus foi identificado pela primeira vez em dezembro de 2019. “Discutimos (…) muitas das teorias famosas e assim por diante, e o que tem sido feito para explicá-las”, disse.

De acordo com o chefe da inspeção, algumas teorias são de “cenários excelentes para filmes e seriados”, e afirmou que “se a gente começar a seguir e caçar fantasmas aqui e ali, não vamos chegar a lugar nenhum”.

A equipe da OMS passou por uma quarentena de 14 dias em um hotel. Logo depois, os especialistas visitaram vários locais famosos ligados às origens da pandemia, incluindo um mercado de frutos do mar em Wuhan e o Instituto de Virologia da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Governo federal lança campanha contra pirataria de vacinas

Senado aprova MP que aproxima Bahia da aquisição da Sputnik V