in

MPF pede suspensão do inquérito contra procuradores da Operação Lava Jato

O Ministério Público Federal (MPF) enviou, nesta segunda-feira, 22, manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a suspensão do inquérito contra procuradores que integravam a força-tarefa da Operação Lava Jato. O pedido seria por “suposta investigação ilegal de ministros”. Trata-se da segunda manifestação do MPF para a ministra Rosa Weber.

A apuração contra procuradores foi instaurada pelo SuperiorTribunal de Justiça (STJ) após a divulgação de mensagens hackeadas do celular pessoal do ex-juiz federal Sérgio Moro. O material veio a público quando o STF concedeu acesso à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo com as mensagens no aplicativo Telegram apreendidas pela Operação Spoofing, procuradores também articularam para manter as investigações contra Lula em Curitiba (PR).

No habeas corpus enviado nesta segunda, o subprocurador da República, José Adonis Callou de Araújo, argumenta que a investigação do STJ “fere o sistema acusatório” e tem como base provas ilícitas, sem autenticidade e integridade comprovadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro vai ao STF contra governo da Bahia para reverter medidas restritivas

Uruguai confirma detecção de variantes brasileiras da Covid-19