in

Companhia regional de aviação vai implantar linhas sazonais para o município de Mucugê

A companhia regional ‘Abaeté Aviação’ passará a oferecer, até o final deste ano, linhas sazonais para Mucugê, na Chapada Diamantina, nos períodos do ano de maior demanda de turistas para o município, que é tombado como patrimônio histórico e um dos locais mais procurados para turismo na região. A implementação de voos comerciais foi discutida na última segunda-feira (12), durante reunião entre representantes da ‘Abaeté Aviação’ e da Secretaria do Turismo do Estado (Setur).

Segundo o titular da Setur, Fausto Franco, “a conectividade é fundamental para dinamizar mais o setor, sobretudo nas regiões mais distantes, considerando a dimensão territorial da Bahia, com distâncias entre a capital e alguns municípios que podem a chegar a mil quilômetros”, pontua, por meio de nota de assessoria. Conforme Franco, cada região tem sua particularidade, mas todas com apelo ara o turismo de experiência, como por exemplo, o ecoturismo da Chapada Diamantina, que reúne 34 municípios com viés turístico.

Ainda na reunião, também foram discutidas as implementações de voos comerciais para outros destinos turísticos, como Boipeba e Maraú. Outra novidade será o aumento de frequências para Morro de São Paulo, uma vez que, a companhia começou a voar para o destino em dezembro de 2020, havendo uma interrupção atualmente, mas com previsão de retorno, segundo o diretor Thiago Tosto, para o próximo mês de setembro, com possibilidades de haver até três frequências, por dia, caso haja uma boa resposta na demanda.

Presente há mais de 40 anos no mercado de fretamento de aeronaves de pequeno porte na Bahia, a empresa ‘Abaeté Aviação’ tem autorização da Anac para operar voos regulares com venda individualizada de assentos em aviões de até 19 lugaresJornal da Chapada com informações de assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com proibição da venda de bebidas, 70% dos bares irão fechar, diz presidente da Abrasel Bahia

Itaberaba e Irecê têm 100% das UTIs Covid ocupadas; Jacobina segue com baixa ocupação e Seabra tem 80%