in

STJ finaliza neste mês de junho oitiva de testemunhas de réus da Operação Faroeste

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) finaliza neste mês de junho as oitivas das testemunhas arroladas pelos réus da Operação Faroeste. Nesta quinta-feira (10), serão ouvidas as testemunhas da desembargadora Maria da Graça Osório Pimentel Leal. A oitiva pode ser estendida ainda para esta sexta-feira (11).

As testemunhas da ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora Maria do Socorro, serão ouvidas na próxima quinta-feira (17), com possibilidade de ser continuada no dia 18 de junho. As últimas testemunhas a prestar depoimento serão as indicadas pelo juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, no dia 24 de junho.

As testemunhas dos réus começaram a prestar depoimentos em março deste ano. As primeiras a serem ouvidas foram as arroladas pela defesa do ex-presidente do TJ, desembargador Gesivaldo Britto, que ocorreu no dia 18 de março. No dia 8 de março, foram ouvidas as testemunhas do “quase-cônsul” da Guiné Bissau, Adailton Maturino, e de sua esposa, Geciane Maturino. Também em abril, no dia 29, prestaram depoimento as testemunhas de Joílson Gonçalves Dias e José Valter Dias.

No mês de maio, foi a vez de prestar depoimento as testemunhas do desembargador José Olegário Monção Caldas, Karla Janayna Leal Vieira, do advogado e genro de Socorro, Márcio Duarte Miranda e dos juízes Márcio Reinaldo Miranda Braga e Marivalda Moutinho.

BahiaNoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bonito é município baiano que mais vacinou contra Covid-19, diz Sesab

Prefeitura sanciona lei baseada em Maria da Penha