Foto: Reprodução
in

Sesab admite erro de hospital que entregou rim de jovem à família em saco plástico

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) admitiu, nesta terça-feira (26), que houve erro do Hospital Menandro de Faria (HGMF), em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, ao entregar o rim de um paciente dentro de um saco plástico.

O órgão foi entregue à família de Jeferson Oliveira Bispo, de 21 anos, para que providenciasse a biópsia. No entanto, não foi informado à família o motivo do procedimento nem se o rim do paciente havia sido atingido por algum projétil de arma de fogo, já que o jovem foi baleado na última sexta-feira (22).

Após admitir o erro, a Sesab agora apura o caso e diz que a situação pode ter acontecido por causa de uma “falha no fluxo do atendimento”. O paciente segue internado na unidade, e o estado de saúde dele é estável.

Realização de exames

O Hospital Geral Menandro de Faria explicou que o órgão foi entregue aos familiares para realização de uma biópsia, porque a unidade não possui laboratório de anatomia patológica. Inicialmente, antes de informar que apura o caso, a Sesab confirmou a entrega do material à família.

Em nota, a secretaria detalhou que a família de Jeferson recebeu indicações de onde levar o rim para fazer a biópsia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e que a unidade procurou a família para tirar dúvidas sobre os protocolos adotados.

Já nesta terça, a pasta reconheceu que houve uma falha no fluxo do atendimento, que foi corrigida. Além disso, reforçou que o material foi entregue novamente ao hospital que providenciará a biópsia.

 

Fontes: Politica Livre//G1/Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Band adia debate presidencial, com falta de resposta de Lula e Bolsonaro

Conta de luz pode ficar mais cara na Bahia